Jesse Valentine

[ nome ] Jesse Valentine

[ raça ] Humano

[ classe ] Soldado 4

[ campanha ] Star Wars Saga por Rafael Mota

[ histórico ]

Valentine cresceu durante as guerras clonicas e chegou a servir perto do seu fim como soldado da republica. Depois disso casou-se e abandonou as forças armadas passando a trabalhar como guarda costas de uma pop star que na verdade era financiada por um Hutt. Quando a politica contra não humanos de Palpantine começou a se disseminar seu trabalho foi ficando cada vez mais perigoso o que o levou a se afastar de sua familia instaurando-os em Coruscant. 

Acidentalmente acabou entrando para um grupo de mercenarios que prestava serviço a rebelião, o que acabou retirando as ilusões de Valentine sobre a benevolencia de Palpantine. 

[ aparência ]

Jesse foge um pouco da imagem de um soldado ou caçador de recompensas no sentido de que ele passou anos dentro da industria do entretenimento e tem um apreço por um visual mais ligado a moda e mais intelectual. Bastante alto, cabelos negros curtos, sempre esta usando oculos escuros (ou equivalente) e roupas vermelhas. É bastante discreto e sobrio, fala muito pouco e aproveitando-se disso para estar sempre de olho ao redor.

[ personalidade ]

Valentine já não é mais um jovem soldado, levando uma vida saudavel de pai de familia. Ele é bastante pragmatico porem é corajoso e heróico, sempre pensando em criar um mundo melhor para seu filho viver.  Devido a convivencia com Hutts, sabe que nem sempre é possivel conseguir alguma coisa sem ter de se sujar um pouco, mas procura preservar sua moralidade tão intacta quanto possivel. No entanto, tem um certo problema com bebidas, se tornando meio imprevisivel quando esta sobre o efeito do alcool. 

[ ficha ]

STR 13  DEX 16  CON 12  INT 10  WIS  14  CHA  12

HP: 60  Speed: 6  Initiative: +10  Perception: +6  Base Attack: +4

Defenses  Fort: 17  Ref: 21  Will: 16

Blaster Carabine Atk: +7 Dmg: 3d8+4

Idade: 32  Altura: 1,98m  Peso: 100Kg  Destino: Destruction

Pericias Treinadas: Iniciativa, Salto, Pilotagem, Tratar Ferimentos

Linguagens: Basico, Hutt

Talents: Armored Defense, Harm´s  Way

Feats: Point-Blank Shot, Precise Shot, Quick Draw, Skill Focus(Treat Injure), Improved Damage Threshold

[ comentários ]

Ai está meu personagem de Star Wars. Eu realmente queria jogar com um Gamorrean, mas não obtive permissão, então acabei fazendo um Soldado mais intelectual. Originalmente Jesse deveria ser um soldado/piloto, mas como o grupo estava bem suprido de pilotos e carentes de médicos Jesse estava em vias de ser conhecidos como Dr. Valentine no ponto onde a campanha parou. 

Eu sou extremamente insastisfeito com o cenario de Star Wars no sentido que sabemos muito pouco da sociedade mundana, logo meu personagem faz diversas alusões a elementos que não são citados nos filmes como cultura pop e médicos. No começo eu nem estava tão entusiasmado com o personagem, mas depois que comecei a disputar com a Jedi de Cris quem era o porradeiro do grupo comecei a gostar muito mais 😛

Estou no entanto sem minhas anotações da campanha e vou relatar apenas o que me lembro de cabeça, a medida que for sendo corrigido vou atualizando o texto.  O grupo se formou durante uma confusão numa estação espacial quando alguns Stormtroopers resolveram procurar encrenca na presença de um grupo de PCs. Logo o personagem de Hilton (que era um hacker/contrabandista) se tornou o novo empregador de Valentine como guarda costas e começamos a trabalhar para a rebelião tentando achar a verdade sobre o projeto Sarlak (uma conspiração do império). Nas primeiras sessões Valentine era mais um muro de carne, e todos os meus force points foram usados para evitar a morte. Só depois que ele conseguiu sua própria Stormtrooper armor customizada que ele começou a ver o fim de uma luta. 

Fomos a vários planetas, encontramos vários Jedis escondidos, testemunhamos um Hutt se apaixonar pelo personagem de Hilton, que por sua vez havia se apaixonado por Switch, um contato dele que era a resposta para todos os nossos problemas. 

Eventualmente tivemos nossa primeira batalha especial e eu pude finalmente justificar ter colocado treinamento em pilotagem (eu confesso que só coloquei Salto porque imaginava que alguma hora teria de pular em alguma instalação/fabrica/reator bizarro, mas para a minha surpresa nunca teve uma cena assim). 

A campanha agora esta para indefinidamente, mas gostei de jogar com o personagem. Mas eu gostaria de jogar num jogo sci-fi que fosse realmente sci-fi como um cientista. 

 

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: