Início > Relatório de jogo > Relatório de Jogo: Rise of the Runelords 20.11.2011 (Spires of Xin-Shalast parte 2)

Relatório de Jogo: Rise of the Runelords 20.11.2011 (Spires of Xin-Shalast parte 2)

A busca da cidade de Xin-Shalast continua, e ainda sem clérigo. O nível de assombrações vai ao extremo, e o bardo garra uma ninfa !

The road so far: 

Durante o festival da deusa Desna em Sandpoint, um ataque de Goblins acaba reunindo um grupo de heróis devotados a desenterrar todos os templos malignos escondidos no mundo. Após consecutivas vitórias em Sandpoint, Magnimar, e Turtleback Ferry, os sinais de uma conspiração haviam ficado evidentes, mas apenas quando um exercito de gigantes e dragões começou a invadir Varisia, os exterminadores descobriram se tratar da ascensão dos lorde rúnicos. Agora, determinados a impedir o retorno de Karzoug e armados com o poder da forja rúnica, eles só precisam encontrar a cidade perdida de Xin-Shalast para ter a batalha final que decidirá o futuro de Varisia.

Seguindo uma pista sobre uma dupla de irmãos anões que podem ter encontrado uma pista, o grupo segue para uma cabana abandonada no meio das montanhas Kodar e descobre apenas os restos de um tragédia ocorrida uma década antes, cujos ecos ainda podem matar.

Os Exterminadores de Templos Malignos: 

  • Gorchak (Humano Kellid Inquisidor de Gorum): ” Jamais passarei fome novamente !”
  • Kyron (Humano Garund Clérigo de Sarenrae): ” BLOOD … DEATH … VENGEANCE… “
  • Meirisiel [Foi vista numa dimensão paralela] (Elfa Abandonada Ladina): ” EU SOU RICAHH !!! RICAHH !!! “
  • Moonshadow [Está registrando no 4squares ] (Humano Chelish Ladino/Dançarino das Sombras): ” A propósito, eu sou um Lamasu… “
  • Seoni (Humana Varisiana Feiticeira): ” Scooty, seis para subir. “
  • Valeros (Humano Andorano Guerreiro Móvel): ” A primeira faz tcham, a segunda faz tcham, a terceira faz… droga já morreu… “
  • Vincent Fletcher (Humano Ulfen/Varisiano Bardo/Pathfinder Delver): ” Você vem sempre aqui ? “
Minaretes de Xin-Shalast – Eventos do jogo
  • Voltando a cabana Gorchak chega a conclusão de que havia uma discrepância entre o tamanho do segundo pavimento pelo lado de dentro e pelo lado de fora, e isso poderia significar uma sala secreta.
  • Ao subir correndo as escadas, Valeros acaba caindo numa armadilha onde os degraus que ele havia pisado viram em direção ao poço do elevador, graças aos seus reflexos rápidos ele se agarra num corrimão e se puxa de volta a tempo de enfrentar a corrente do elevador que havia criado vida.
  • A luta é bem rápida pois Zevashala corta o suporte da corrente e ela acaba … caindo para a morte (sim, a corrente).
  • Gorchak acha uma porta secreta, mas Vincent descobre como abri-la. Dentro encontram o cofre secreto dos irmãos Vekker, com seus bens mais valiosos e um caderno de anotações.
  • O caderno de anotações revela que as minas estavam se esgotando e eles estavam explorando cada vez mais as montanhas em busca de novos veios, quando ia chegar na parte que deveria ser a descoberta de Xin-Shalast, as ultimas paginas estavam faltando.
  • Alguem começa a bater na porta do andar debaixo, Seoni teleporta todos para baixo, menos Kyron que vai pelas escadas e Gorchak que insiste em procurar as páginas que faltavam.
  • No andar debaixo, Zevashala abre a porta e Valeros sai e não vê ninguem. Logo após fecharem a porta as batidas recomeçam. Seoni se assusta e sobe as escadas para procurar Kyron que estava descendo.
  • As batidas param, mas a porta se fecha sozinha e todas as janelas se barram. Todos começam a subir correndo as escadas. A casa toda começa a tremer, um objeto muito brilhante começa a rodar velozmente em volta da casa. Vislumbres de anões canibais translúcidos são vistos por todos, mas nunca o suficiente para identificar o que é.
  • A casa parece cair da montanha, Seoni e Kyron perdem o equilíbrio e caem da escada, mas Seoni os faz cair como pena. Valeros usa a capa para voar e carrega Kyron para cima, Zevashala leva Vincent e Seoni cria asas para voar.
  • Os espíritos dos canibais tentam possuir os aventureiros de mente fraca, Zevashala quase é possuída, mas sua devoção por seu mestre Valeros é mais forte.
  • Derrepente tudo para e o espirito do irmão Vekker mais novo, Silas, se manifesta e diz que pode mostrar o caminho para Xin-Shalast se eles recuperarem o corpo do irmão dele que morreu próximo da mina deles nas montanhas e cujo espirito não consegue descansar.
  • Vincent descobre a localização da mina e eles começam a atravessar as montanhas para encontrar o local. A viagem demora um dia e meio e ocorre tranquila devido a quantidade de proteção contra frio e altitude que o grupo carregava.
  • Surpreendentemente, o corpo estava no topo de um paredão de pedra de 2.000 pés de altura. Seoni usa uma magia para criar um olho arcano que encontra o corpo e depois ela teleporta o grupo para lá.
  • O fantasma de Karivek parecia estranhamente corrompido e tenta atacar o grupo, mas Gorchak e Valeros o destroem tão rápido que Seoni mal consegue vê-lo.
  • O grupo então faz a viagem de volta com o corpo de Karivek e entrega-o ao seu irmão. Silas tenta redimir a alma de Karivek, mas a criatura responsável por toda a tragédia dos irmãos Vekker aparece e acaba transformando Silas num fantasma atormentado também. Gorchak identifica-o como um Wendigo, uma criatura maligna do norte gelado.
  • O uivo do Wendigo enlouquece todo o grupo menos Valeros e Zevashala, todos entram em um panico irracional. Seoni se teleporta para Sandpoint e se esconde debaixo da cama, enquanto os outros fogem cabana adentro.
  • Valeros mostra o poder de sua nova espada solar, e purifica os espíritos dos irmãos Vekker e ainda derrota o Wendigo sozinho enquanto Zevashala absorve todos os ataques dos inimigos.
  • Com o Wendigo destruído, os espíritos dos anões podem seguir em frente. Silas se manifesta mais uma vez para entregar as páginas que faltavam em suas anotações.
  • Com as anotações de Silas, os exterminadores de templos malignos abandonam a cabana dos irmãos Vekker e cavalgam os ventos com a magia de Kyron e chegam até a nascente do rio Avah. Segundo as anotações eles precisariam aguardar a lua cheia.
  • Uma semana se passa e o grupo acampa próximo a um charco congelado, durante esse tempo Vincent tem “visões” com uma elfa nua debaixo do gelo. O grupo acha que ele está tendo alucinações pela altitude. Uma manhã Vincent vai investigar uma estranha canção no ar e acaba conhecendo Svevenka, uma ninfa rainha responsável pela nascente do rio. Ela diz que é prima de Myriana, a driade fantasma cujo amor restaurado foi a missão que Vincent recebeu de sua deusa Shelyn ao ser retornado a vida após o episódio do massacre na montanha do gancho. Svevenka avisa que Xin-Shalast estava próxima, mas as forças do mal lá reunidas eram muito maiores do que eles achavam que eram. Vincent diz que mesmo assim iria até lá e Svevenka o parabeniza pela coragem e o convida para desfrutar de “prazeres faericos” antes de enfrentar a morte certa.
  • Na lua cheia, após um período de jejum, Valeros avista um rio fantasma que mostrava o caminho seguro para Xin-Shalast. O grupo passa o resto da noite escalando a montanha e no dia seguinte avistam uma enorme estrada com 30 metros de largura e feita de tijolos com resíduos de tinta dourada.
  • Antes de poder seguir eles são atacados por um pequeno bando de gigantes das nuvens que são facilmente derrotados. Era sinal que Xin-Shalast estava perto.
Distribuição de XP : 
Adalton(14): 342.559xp + 62.311xp = 404.870xp
Darth Lucas(14): 342.227xp + 62.311xp = 404.538xp
Evelling(14): 389.769xp + 62.311xp = 452.080xp LvLuP !!!
Hilton(14): 389.769xp + 62.311xp = 452.080xp LvLuP !!!
Rafael Motta(14): 313.818xp + 31.155xp = 344.973xp
Heitor (12): 176.949xp + 62.311xp = 239.260xp LvLuP !!!
Espólios: (Aura de magia)
  1. Strong Room:
    • Algibeira recheada com ouro em pó (valor 1.000gp, peso 18 kg) x5
    • Algibeira recheada com pepitas de ouro (valor 1.500gp, peso 18kg ) x2
    • Cofre pequeno com 14 gemas brutas (valor 50gp cada)
  2. Karivek Vekker:
  3. Giant Sentinel´s Cave:
    • 1265gp
    • chest with copper bars (valor 500gp)
    • a fine cave bear cloak (valor 2.000gp)
Observações do mestre: 
Novamente houveram usos estranhos das cartas de plot-twist, mas valeu a pena assim mesmo. Acho que desta vez conseguimos um roleplay melhor do que na sessão passada resolvendo bem a trama dos irmãos anões mesmo que de maneira corrida. A derrota “fácil” do Wendigo acabou gerando algumas reclamações de que eu estou pegando leve. Confesso de que eu estou mais interessado em ver a campanha acabar do que ficar fazendo combates muito técnicos (a tática do Wendigo envolveria um combate de guerrilha com ele fazendo passadas com Fly by Attack). Na luta contra os gigantes eu falhei ao não saber como Awesome Blow funcionava e acabei errando na táticas também (Awesome Blow sofreu errata, ele dá dano e joga para trás, o qu poderia ser usado para atrasar a luta). Valeros ficou bem fortinho com a espada solar e a “bota maravilhosa de Valeros”, mas também não é algo sem solução. Desde o começo o grupo havia optado por uma mortalidade menor para melhorar o roleplay (e não ter aquele problema de toda hora trocar de personagem). De qualquer forma está bem perto do fim e Xin-Shalast já é bem difícil como é. Vamos todos aprender com experiencia e na próxima campanha a gente implementa melhorias.
Por favor comentem, principalmente os jogadores, para compartilhar suas impressões da aventura com os outros leitores do blog. Valeu, até a próxima.
Anúncios
  1. evelling
    novembro 22, 2011 às 8:01 pm

    Veja bem…
    Adorei o texto e, realmente, tô me sentindo o Chefe Obrian de ST:NtG. Até para fugir eu uso teleport! 😀

    A essa altura Seoni só quer que tudo acabe e o mundo possa viver em relativa paz, mas lá no fundo ela SABE que essa é só a primeira etapa de uma jornada maior.

    Gostaria de saber, a Paizo deu alguma sugestão oficial do que aconteceu com essa galera após “vencerem” o Rune Lord? Estava pensando em, se ela sobreviver, o que vai fazer e para onde irá depois dessa loucura toda.

    😀

    • novembro 22, 2011 às 8:41 pm

      No final de cada adventure path existe um capitulo que é sobre sugestões de como continuar a campanha. Agora o que cada aventureiro faz da sua vida, cabe a cada jogador definir e o mestre alterar o mundo com isso.

  2. evelling
    novembro 24, 2011 às 10:51 am

    Hummm (idéias)

    • novembro 24, 2011 às 6:38 pm

      Hehehe, ainda existem algumas surpresas na manga até o fim de Rise of the Runelords >:)

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: