Início > Relatório de jogo > Relatório de Jogo: Rise of the Runelords 15.11.2011 (Spires of Xin-Shalast parte 1)

Relatório de Jogo: Rise of the Runelords 15.11.2011 (Spires of Xin-Shalast parte 1)

A busca pela cidade de Xin-Shalast começou com uma falha critica minha ao não avisar Rafael de que tínhamos adiado o jogo e o resultado foi mais uma sessão sem clérigo.

The road so far: 

Durante o festival da deusa Desna em Sandpoint, um ataque de Goblins acaba reunindo um grupo de heróis devotados a desenterrar todos os templos malignos escondidos no mundo. Após consecutivas vitórias em Sandpoint, Magnimar, e Turtleback Ferry, os sinais de uma conspiração haviam ficado evidentes, mas apenas quando um exercito de gigantes e dragões começou a invadir Varisia, os exterminadores descobriram se tratar da ascensão dos lorde rúnicos. Agora, determinados a impedir o retorno de Karzoug e armados com o poder da forja rúnica, eles só precisam encontrar a cidade perdida de Xin-Shalast para ter a batalha final que decidirá o futuro de Varisia.

Os Exterminadores de Templos Malignos: 

  • Gorchak (Humano Kellid Inquisidor de Gorum): Pela virtude da paciência, recebeu o espadão Sentença de Morte.
  • Kyron (Humano Garund Clérigo de Sarenrae): Pela falta da virtude diligência, não recebeu a cimitarra Chama do Amanhecer.
  • Meirisiel [Foi vista numa dimensão paralela] (Elfa Abandonada Ladina): Pela falta da virtude generosidade, não recebeu a rapieira Ouro dos Tolos.
  • Moonshadow [Está registrando no 4squares ] (Humano Chelish Ladino/Dançarino das Sombras): Pela falta de temperança, não recebeu a adaga Ettu Bruthus.
  • Seoni (Humana Varisiana Feiticeira): Pela falta de humildade, não recebeu a faca-estrela Estrela Rúnica.
  • Valeros (Humano Andorano Guerreiro Móvel): Pela EXTREMA falta de castidade, não recebeu a espada bastarda Águia das Neves.
  • Vincent Fletcher (Humano Ulfen/Varisiano Bardo/Pathfinder Delver): Pela virtude da caridade, recebeu o arco longo Prelúdio da Tempestade.
Minaretes de Xin-Shalast – Eventos do jogo
  • Ao sair da forja rúnica, o grupo encontra duas poderosas armas magicas que aparentemente surgiram do nada.
  • Uma semana se passa, e numa visita a Sandpoint, Seoni encontra madame Mvashti e recebe um diapasão cuja vibração permite alcançar uma dimensão de comerciantes planares.
  • Num rápido teleporte, Seoni, Valeros, Gorchak e Vincent vão visitar Brodert Quink na biblioteca Thassiloniana abaixo da torre negra.
  • Brodert não faz idéia de onde fique Xin-Shalast, mas lembra de uma carta de um colega sábio que fala sobre irmãos anões que disseram ter encontrado a cidade e sumiram.
  • O grupo decide usar o diapasão e chega até uma fortaleza de uma raça chamada Mercanes. Eles ficam impressionados com a segurança e a presença de pessoas ilustres.
  • Vincent faz a argumentação de sua vida e consegue uma boa vantagem na compra de itens mágicos para a batalha contra Karzoug.
  • Valeros acaba comprando e vendendo tantas coisas que quase enlouquece Seoni de tantos pedidos de orientação.
  • Decidido que poderia otimizar seus recursos fazendo ele mesmo uma nova armadura, Gorchak convence os outros a esperar ele terminar.
  • Um mês se passa e nesse meio tempo os exércitos de gigantes aterrorizam livremente o norte de Varisia.
  • Quando tudo está pronto, Kyron usa sua magia para cavalgar os ventos e leva o grupo até a forte Rannick para de lá irem até as montanhas Kodar no dia seguinte.
  • Após longas horas procurando, o grupo encontra o ultimo local onde a expedição dos irmãos anões Vekker foi vista. A cabana abandonada próxima de sua mina de ouro.
  • Uma tempestade de neve começa a se formar a medida que o grupo se aproxima da edificação, tudo parece estar abandonado há décadas.
  • Ao examinar a sacada no fundo, o grupo tem uma visão com um dos anões dizendo que eles tinham de fugir, Valeros entra em estado de panico e corre para cair de um precipício mas consegue ativar sua nova bota mágica a tempo.
  • Gorchak diz que assim como na casa dos Foxglove, aquele local estava repleto de assombrações e decide explorar sozinho.
  • Sala após sala Gorchak vence a maior parte das assombrações na parte de superior da cabana.
  • O grupo decide dar a volta pelo lado de fora e explorar a parte inferior da edificação e encontra mais assombrações, todas elas ligadas a anões apelando para o canibalismo para não morrer de fome.
  • Antes que a tempestade ficasse mais forte, o grupo decide explorar melhor o exterior da mina e nota que um pinheiro morto havia mudado de lugar.
  • Para o horror deles, o pinheiro era um ent que morrera pelos poluentes da mina e voltara como morto-vivo. Mas as magias de fogo de Seoni e as espadas de Valeros rapidamente derrubam a abominação da natureza.
Distribuição de XP : 
Adalton(14): 331.537xp + 11.022xp = 342.559xp
Darth Lucas(14): 331.205xp + 11.022xp = 342.227xp
Evelling(14): 378.747xp + 11.022xp = 389.769xp
Hilton(14): 378.747xp + 11.022xp = 389.769xp
Rafael Motta(14): 308.307xp + 5.511xp = 313.818xp
Heitor (12): 165.927xp + 11.022xp = 176.949xp
Espólios: (Aura de magia)
  1. The Horror Tree
  2. Sack Room
    • A pair of old workboots
      • +1 punching dagger
  3. Coatroom
    • +2 earth breaker
  4. Sentença de Morte (recompensa especial para Gorchak)
    • +2 bastard sword vicious keen menacing (não importa quanto tempo passe, o sangue que ficar na lamina sempre estará fresco, inimigos tem -4 para estancar se golpeados pelo menos uma vez)
  5. Preludio da Tempestade (recompensa especial para Vincent)
    •  +2 composite longbow seeking thudering shock (a cada flecha atirada, é possível ouvir o som do trovão e o brilho de um raio, penalidade de vento conta como uma escala menor na tabela)
Observações do mestre: 
Eu sabia que este jogo seria apenas de compra, venda e craftagem de itens, mas até que conseguimos jogar alguma coisa. Pena que aqueles dois guris ficaram lá perguntando um monte de coisas e acabaram estragando o clima da exploração do lugar com as assombrações. Mas fazer o quê ? È pelo bem das futuras gerações de rpgistas. O bom é que estamos cada vez mais perto do final, agora falta pouco. Quero um pouco mais de opiniões sobre o formato desses relatórios, estão gostando ? E você que esta lendo e não joga neste jogo, gostaria de alguma mudança ? Valeu e até a próxima.
Anúncios
  1. Daniel Requiao
    novembro 18, 2011 às 10:59 pm

    Gostei,
    agora tem mais da historia do grupo? ou so tem esse ai? tem um resumo de tudo que ja aconteceu? e quem é cada personagem?

    • novembro 19, 2011 às 1:27 pm

      Já tem uns três anos que a gente tá jogando esse jogo, mas eu só comecei a fazer esse resumo dessa forma recentemente. A parte The Road So Far é um resumo bem resumido de tudo desde o começo. Eu tava até pensando em colocar imagens dos personagens, mas nem todo mundo tem uma ilustração definida.
      Gorchak = Lucas Requião
      Meirisiel = Cris Viana (quando ela mudou para Sampa, saiu do grupo)
      Moonshadow = Ernesto (tambem mudou para São Paulo)
      Kyron = Rafael Motta
      Seoni = Evelling
      Valeros = Hilton
      Vincent = Adalton
      Heitor é o filho de Hilton e Eve que sempre está presente nos jogos, ai eu dou xp para ele tmb.

  2. Brenno
    novembro 19, 2011 às 2:41 am

    Salve nobre Bahamut!

    Gostei de ver o retorno os reportes ao blog e justo no momento em que a campanha esta rumando para o clímax.

    Como sugestão, recomendaria mais comentários seus no tópico de eventos do jogo (desafios, combates, roleplay) que considerasse de maior destaque, bem ao estilo das resenhas que faz das aventuras e suplementos do cenário. Sou dos que curtem uma impressão mais pessoal das aventuras/sessões.

    Tudo de bom.

    • novembro 19, 2011 às 1:37 pm

      Saudações gentil Brenno!

      Bom, a gente joga quando dá, bem que eu gostaria que tivesse uma frequência maior.

      Quanto a sugestão eu posso tentar. Porque minhas impressões da aventura escrita eu já dou na resenha, e as minhas impressões pessoais já ficam no comentário no final, mas vou tentar deixar isso mais completo. Agora o quê eu queria mesmo era que os jogadores comentassem mais do ponto de vista deles dos eventos da aventura.

      Saúde, sabedoria e sucesso.

  3. novembro 21, 2011 às 6:48 am

    “Quero um pouco mais de opiniões sobre o formato desses relatórios, estão gostando?”

    Comecei a acompanhar o blog depois que comecei a me entusiasmar com o Pathfinder. Iniciamos uma campanha ontem, após algumas semanas estudando o sistema e identificando as diferenças com relação a 3.5. (Até pq eu também não mestrava 3.5 desde 2007)

    O layout está mto bom, tanto que eu o peguei emprestado para resumir as sessões do meu grupo também. XD

    Abraços e continue o bom trabalho no blog.

    • dezembro 1, 2011 às 9:37 pm

      Valeu, muito obrigado. O formato de certa forma é baseado no formato que o Tio Nitro faz os reportes dele. Sua campanha está legal, quando puder apareça para dizer o quê está achando do sistema.
      PS: Seu comentário tinha ido parar no spam, por isso só agora que eu vi.

  4. Brenno
    novembro 24, 2011 às 2:06 am

    Salve Bahamut!

    Propus a presença de impressões mais pessoais suas justamente como forma de “complementar” o que comenta nas resenhas trazendo como foi a execução das criticas na sua mesa.

    Sei exatamente como se sente quanto a comentários dos jogadores, pois tambem mestro e raramente eles fazem esse tipo de coisa, rs.

    Abraço

    • novembro 24, 2011 às 6:29 pm

      Entendi. Vou fazer isso mais nos próximos. Valeu pela dica.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: