Início > Reviews > Resenha: Second Darkness Player´s Guide

Resenha: Second Darkness Player´s Guide

Opener

Este produto é um marco importante de diversas maneiras, com ele se inicia o segundo ano do Pathfinder que cristaliza o caminho do Pathfinder RPG ao longo de diversos playtests que permearam o período(o que acabou tirando um pouco o foco das adventure paths), também é o primeiro livro da nova linha Pathfinder Companion (uma linha quinzenal de livros mais voltada para os jogadores) e porfim ele publica a versão final dos characters traits que acabaram se tornando um elemento bastante popular do sistema (uma espécie de meios talentos que visam mais encaixar o personagem na campanha do mestre do que no cenário ou no sistema de regras). Já o seu lado ruim é que ele falha em preparar personagens realmente adequados para a campanha (talvez devido aos inúmeros problemas do período, houve uma falha de continuidade na campanha e Second Darkness acaba tendo uma drástica mudança de enredo no meio que foi alvo de duras criticas até hoje, mas isso não quer dizer que seja um problema sem solução ou que ela não tenha suas qualidades).

Ao contrário dos outros guias dos jogadores, o Second Darkness player´s guide é um produto pago (o player´s guide do Legacy of Fire também é, mas após isso eles perceberam que isso não era uma boa idéia e desistiram a partir de Council of Thieves) e por causa disso ele tenta ser um pouco mais do que os outros apresentando itens mágicos e uma classe de prestigio e bastante informação sobre a cidade de Riddleport. O estilo mais sóbrio da arte não combinou bem com uma campanha ambientada numa cidade de piratas e ladrões, embora existam ilustrações muito bonitas algumas delas falham em demonstrar seu propósito (ilustração da classe de prestigio, estou olhando para voce).

Second Darkness Player´s Guide: Ao contrario dos guias anteriores, este aqui dá muito mais suporte a personagens não nativos de Riddleport (além de oferecer uma visão de cada classe e raça sobre a maneira como são representadas na cidade), existe um parágrafo para os tieflings apesar de não serem uma raça básica oficial do cenário. Depois é a vez de se discutir os traits onde a regra é renovada (permanecendo nesse formato até hoje) para que funcione como meio feat (existe até um novo talento chamado Additional Traits que concede dois traits extras) e expandida para haverem traits que não sejam apenas de campanha (eu pretendo fazer em breve um post apenas para falar de traits, então aguardem um pouco). Os traits de campanha no entanto, falam sobre os motivos que levam o personagem a estar presente no começo da aventura Shadow in the Sky se relacionando a dois eventos, a inauguração de um cassino chamado Gold Goblin e o aparecimento de uma estranha sombra nos céus da cidade).

Welcome to Riddleport: Embora não tão detalhada quanto as descrições de Sandpoint e Korvosa, a apresentação de Riddleport feita aqui é suficiente para fazer jogadores de personagem nativos saberem o suficiente para o que a campanha se propõe. São fornecidos rumores, condições de moradia, distritos, lugares importantes, deuses cultuados, pessoas importantes, girias comuns e outros pequenos detalhes que dão sabor a localidade.

Combat: Os capítulos Combat, Faith, Magic e Social estão presentes em todos (ou quase) os player companions e são apenas suplementos de regras que possam interessar ao tema do livro. Neste primeiro Combat é apresentada a classe de prestigio Liberator. A classe parece feita para um multiclasse fighter/rogue e fora um bonus de ataque de guerreiro ela tem uma série de habilidades que visa combater escravocratas e libertar pessoas (fora realizar muito sunder). Ela combina muito bem com personagens andoranos, mas o histórico dela é um pouco exótico na própria Riddleport (até existem alguns, mas não muitos). [Spoiler: As habilidades dela serão uteis ao longo da campanha.]

Faith: Toda essa parte do livro parece querer direcionar que os personagens religiosos (já que Golarion assume que sacerdote é uma profissão que pode ser de qualquer classe de personagem não necessariamente clérigos) sejam do deus Cayden Cailean (patrono da bebida, e do estilo mosqueteiro de ser) fornecendo um parecer sobre seus clérigos e mostrando alguns itens mágicos ligados a igreja de Cayden Cailean (Hero´s Brew, Luthier´s Rapier e Ring of Emancipation; o anel é tudo de bom para os membros da classe liberator do capitulo anterior).

Magic: Nessa parte é discutido tudo que é preciso saber para se pertencer a tradição arcana dos cyphermages (uma organização de magos existente em Riddleport dedicada a tentar decifrar as runas mágicas das ruinas ancestrais existentes na cidade), são quatro novas magias (Codespeak, Hidden Knowledge, Impede Speech, Pattern Recognition) e dois talentos (Cypher Script e Cypher Magic).

Social: Por algum motivo eles acharam interessante colocar num capitulo chamado social uma série de itens mágicos propícios para espeleologia   (provavelmente porque este seria o capitulo para skills mas não acharam um nome melhor).  Como exploração do subterraneo é algo comum para aventureiros, existe tanto coisa boa aqui quanto coisas que só servem para campanhas onde o mestre faça questão de demonstrar os perigos da exploração de cavernas (ou seja muito fã de Abismo do Medo). Os itens são:

  • Caver´s Hammock: Uma rede que esconde e protege o usuario que dormir no subterraneo.
  • Mushroom Vest: Um colete que diminui o dano de quedas.
  • Portable Stalactite: Uma armadilha portavel que cai sobre seus oponentes.
  • Ring of the Stone Sibling: Um bizarro anel que cria uma cópia de pedra do usuario que fica fazendo aid em suas ações.
  • Salt Lamp: Um cristal de sal que brilha e pode ser usado como granada de luz.
  • Sporeblade: Uma espada curta mágica que envenena no critico (e com um veneno que causa dano de constituição e deixa fatigado).
  • Spelunker´s Mail: Uma armadura que permite voce diminuir de tamalho para passar por lugares apertados.
  • Trackless Boots: Uma bota elfica que tambem apaga seus rastros.

Persona: O capitulo persona acabou sendo tão controverso que eventualmente foi abolido, ele fornece um NPC com história e ficha feito na tematica do livro. O problema é que geralmente o NPC ou está envolvido com algum plot da campanha ou é um governante ou é desinteressante. Como  Player Companion é primariamente voltado para jogadores, spoilers poderiam ocorrer. Neste numero somos apresentados a Lavander Lil, uma prostituta tiefling envolvida numa história de amor e traição e ilustra bem a vida em Riddleport. Ela é mais util como alguem que os personagens podem conhecer ou se relacionar do que realmente alguem ativo em Second Darkness.

Draco-avaliação final: O fato de ser um produto pago tira 50% da utilidade do livro já que o mestre não pode legalmente distribuir uma cópia entre seus jogadores e eles não podem baixar gratuitamente do site (ainda bem que eles voltam atrás e retiram os player´s guide da linha Companion tornando-os gratuitos novamente a partir de Council of Thieves). Fora isso o livro é muito util aos jogadores de Second Darkness (não é obrigatório) pelas opções e informações contidas neles. Tecnicamente tambem ele é o único livro em papel com uma versão da regra básica dos character traits para o D&D 3.5E sem ser a versão do Pathfinder RPG (existe uma página dificil de ser encontrada do site da paizo que tem essa regra para download gratuito). Para quem não quer jogar Second Darkness existem alguns itens e talentos interessantes (eu adoro os feats dos Cyphermages), mas nada que justifique muito a compra.

Notas: Sistema: 8,5 História: 7,0 Arte: 7.5 Relevância: 8,0 Média Final: 7,7

Lançamento: Agosto /2008

Editora: Paizo Publishing

Sistema: OGL 3.5E

Autores: James Jacobs, F. Wesley Schneider, Amber E. Scott, e Greg A. Vaughan

Descrição: Livro 32 páginas capa mole

Ver o livro na pagina da Paizo


Anúncios
Categorias:Reviews Tags:, ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: